O fim antecipado


Eu preciso acabar com o meu sofrimento, eu preciso acabar com o sofrimento dos meus amigos que me vêem sofrer.

Será que a solução seria acabar comigo ou será que isso é covardia? Acho que isso não seria uma covardia, covardia seria ter medo da morte, covardia seria ler uma revista onde todos os participantes fazem textos contra a estagnação e a favor da cultura e a pessoa que a lê somente concorda.

Mas eu preciso de algo forte algo que arrebente com o meu sofrimento ou algo que arrebente com a minha cabeça. Eu já tentei de tudo, agora eu só tenho duas escolhas: o livrinho de auto-ajuda do Paulo Coelho que a minha mãe comprou ou a espingarda que meu pai tem exposta na sala.
Primeiro, tentarei o livro de auto-ajuda do Paulo Coelho, o nome dele é 106 reflexões dos guerreiros da luz.

Esse livro não tem guião, nem história, só frases – que começarei a ler agora.

Começarei pelo começo, a 1ª “reflexão” do livro – na pagina 7 – que diz assim “Quando você quer alguma coisa, todo mundo conspira para que realizes o teu desejo”. Esse cara é um gênio, ele está completamente certo, eu quero alguma coisa, quero acabar comigo e todo Universo também conspira para acabar comigo.

Pensando bem, essa não é uma boa reflexão para mim. É melhor escolher outra. Acho que a da pagina 31 é melhor “É justamente a possibilidade de realizar um sonho que torna a vida interessante”.

Pensando bem essa não é uma boa reflexão, até porque eu não tenho a menor possibilidade de realizar o meu sonho. O meu sonho era ter um minuto de felicidade. É melhor escolher outra frase.

A da pagina 48 é melhor, “Quem conhece a felicidade não consegue mais aceitar humildemente a tristeza”, o único probleminha dessa frase é que eu aceito a tristeza porque eu não conheço a felicidade.

Página 61, “Chegamos exatamente onde precisamos chegar porque a Mão de Deus sempre guia aquele que segue seu caminho com fé”. Acho que onde eu cheguei foi à beira do precipício e agora a mão de deus vai me dar um empurrãozinho.

Desisto neste momento estou na sala olhando a espingarde que está na parede. Já o peguei e estou apontado ele para minha cabeça. Agora é só por o dedo no gatilho e apertar. Até nunca…

__________________________________________________________________________

Este foi um pequeno texto que encontrei e achei interessante como forma de começar a abordar este controverso assunto… Quem é que nunca desejou acabar com a sua infelicidade mesmo que duma forma radical? Às vezes parece uma solução tão credivel…


Corre tanta coisa pela nossa cabeça, pensamentos como:

“Não era deste forma que isto devia acontecer… mas não deve ser tão dificil assim… tantas pessoas cruéis que vivem entre nós… elas não se importavam que eu desaparecesse… então porque devo continuar o meu sofrimento? Quando é mais simples… desistir…”


Na realidade isto é o pior a fazer. E todas aquelas pessoas que te amam? E quanto ao teu futuro? Ainda há tanto porque viver. Ainda podes ser alguem e lutar no que acreditas. Há tanto que ainda não viste, tantos aromas para apreciar, acções positivas a tomar, um mundo de possibilidades que acabam quando decides tomar esse tipo de decisões.


Todos nós temos algo pelo qual vale a pena lutar. Seja familia, um amigo, uma ideia… Compreendo que muitas vezes o desespero é excruciante mas será que vai adiantar o suicidio? Será que todos os que te amam e acreditam em ti merecem que os faças sofrer dessa forma? Vive. Mesmo que vivas por quem te ama. Covardia é desistir daquilo que podemos mudar… E sou da opinião que apenas a morte não tem solução.

“A taxa de suicídio em Portugal aumentou 100% em dois anos – 2002 e 2003 -, gerando preocupação na comunidade médica que aguarda os números relativos aos anos de 2004 e 2005 para confirmar se a tendência se mantém. Os últimos dados revelam que se registam 1100 suicídios por ano, no país.

Portugal passou de cerca de 500 suicídios por ano, no final da década de 90, para 1200, em 2002, e 1100, no ano seguinte. Um aumento de taxa que ultrapassa os 100% e que está a deixar a comunidade médica apreensiva e na expectativa de se voltar aos anos negros das décadas de 30 e de 80, altura em que o número de suicídios foi sempre em crescendo.” in-lusa

Queres mesmo ser mais um a espalhar sofrimento pelos que te amam?

5 Responses to “O fim antecipado”


  1. 1 Unknow9Suicidal Junho 18, 2010 às 2:02 pm

    claro que nao és obrigado a estar a sofrer para te qereres suicidar, pode simplesmente ser porqe achas curioso, ou ainda simplesmente porqe achas a condição humana uma inutilidade, isto quando nao acreditas em nenhuma entidade superior aos homens e que tudo o que acreditas é material…. mas parabéns! bom texto e boa pesquisa😀

    Já sabem malta, nao se suicidem😛

  2. 2 Perfect Harmony Junho 18, 2010 às 8:29 pm

    Lol, a condição humana é uma inutilidade. Tal como qualquer outra. Nós no entanto somos seres desprezíveis e somos os únicos que chegamos a poder ter orgasmos por ver outra pessoa em sofrimento extremo (verdade). Mas cabe-nos encontrar um motivo pelo qual viver e dedicar a nossa vida aquilo em que acreditamos. Todos temos sempre motivos para viver mas passamos a nossa existência a reparar nas coisas más que nos acontecem e nunca nas boas. É deprimente como podemos olhar para a nossa existência e não lhe queremos dar um propósito. Claro que vivemos num império material e capitalista, cujo o unico proposito é dinheiro e poder. Mas somos nós, as gerações mais novas, que podemos realmente começar a tomar uma atitude quanto a isso. Não achas?

  3. 3 Unknow9Suicidal Junho 18, 2010 às 11:12 pm

    acho que… se não há nada superior à condição humana, o unico propósito de cá estares é cuidar daqeles que têm prazer em cá estar.. e não vamos ser nós a tirar esse prazer deles pois não?🙂

    bahh…

  4. 4 Perfect Harmony Junho 19, 2010 às 2:27 am

    Fugiste ao meu post cá com uma pressa😛

  5. 5 Unknow9Suicidal Junho 24, 2010 às 12:39 am

    nao fugi nada😛

    simplesmente já mostrei o que penso😛 o parte do qe penso lol


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 168 outros seguidores

Calendário de posts

Junho 2010
M T W T F S S
« Maio   Ago »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

RSS Aquela cena Chata

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Visualizações ao blog

  • 54,257 visitas

%d bloggers like this: