Os ateus não sabem estar calados. Viva a vida eterna!


Venho dar resposta a um mail que recebi. Sendo o mail tão bonito e querido, decidi cortá-lo em partes e ir respondendo ao que acho importante.

Boa noite, chamo-me Catarina e tenho 28 anos. Acompanho o teu blog desde Novembro do ano passado e gosto muito do que escreves. No entanto venho por este meio chamar-te há atenção sobre alguns textos que fazes… Eu com toda a certeza sei que e outros ateus sofrem de depressão… Nota-se pela forma como escreves e pela tua forma de ver o mundo…

Ainda bem que falas na minha visão sobre o mundo cara Catarina. Deixa-me explicar-te…

Reactor Nuclear

Eu olhei para este reactor nuclear e vi beleza. Tem calma, sei o que vais dizer… Que é apenas um monte de canos radioactivos e latas de metal no meio de uma banheira florescente… Onde está a beleza nisto certo? A beleza não está no seu aspecto mas sim no que representa. Quando olho para este reactor o que vejo é praticamente irrelevante… Ao deslumbrar isto, é-me perceptível a sinfonia da matemática, materiais, física nuclear, termodinâmica e engenharia que estiveram por detrás do processo, tudo isto criado pelo puro conhecimento da humanidade. Tudo isto pelo trabalho colectivo de uma civilização que deu forma a esta obra, que a moldou, com a intenção de expandir horizontes. E isto amiga, inspira-me com esperança do que uma civilização assim pode ainda vir a alcançar.

 

Compreendo que é um facto do ateísmo… Deixa-vos sem esperança num estado de incapacidade para viver uma vida feliz…

 

Alcançamos bem mais actualmente do que os grandes pensadores do passado, não porque somos melhores mas pela herança de conhecimento que eles confiaram em nós. O conhecimento e apreciação que muitos de nós temos pelo universo é uma prenda dos que dedicaram a sua vida a entendê-lo… Nós continuamos a ser levados aos ombros de gigantes e assim vemos mais longe que eles… Mas no acto de subir aos seus ombros nós forjamos algo novo. Servimos o propósito de deixar alicerces para os que vêm depois de nós. Para aqueles que viram a chama do conhecimento penetrar a escuridão do desconhecido e as maravilhas que foram reveladas pergunto quem não gostaria de passar a chama mais intensa para que aqueles que venham a possuir esta luz consigam ultrapassar em muito a nossa visão? Há poucos actos mais nobres que fazer parte de uma sociedade que valoriza, preserva e aumenta o conhecimento para as mentes que ainda estão para vir…

 

Mas eu compreendo Carlos… Sem Deus a vida não tem significado e a escuridão e a morte vão acabar simplesmente por nos obliterar. Simplesmente não há esperança para o futuro… É um triste facto do ateísmo… sem esperança para o futuro nem alegria… apenas a morte…

 

Ah, a retórica do vendedor que tenta impingir promessas vazias de vida eterna em troca da alma para os pobres mortais de curta visão, neuróticos e dementes que podem ser seduzidos pela ideia de uma vida eterna… A vida eterna não seria uma prenda, mais certo uma das mais terríveis maldições que podiam cair sobre um ser humano. Talvez o primeiro milhão de anos até fosse divertido mas e o bilião depois? E o próximo bilião? E o trilião seguinte? Isto nunca irá acabar, nunca haverá um fim há vista… A vida eterna é apenas a mal-pensada ficção de mortais que se tornaram demasiado gananciosos. Sem a morte não há razão para fazermos seja o que for. Isto seria o que iria acontecer, para toda a eternidade. Desejo sinceramente a todos que aceitem a sua mortalidade e que não deixem o medo da nossa inevitável morte vos faça desperdiçar a única vida que têm a perseguir fantasmas e delírios. Deliciem-se por serêm uma faisca de vida no universo. A vida é tão mais vivida e vibrante sem superstições paranóicas da idade do bronze que ofuscam e restringem a mente com promessas vazias e indesejáveis de que as faiscas podem queimar para sempre. Pelo esplendor da emissão de luz que a faisca provoca e pelo brilho mais intenso, haverão ecos da sua luz para a eternidade. A morte dá há nossa vida propósito, urgência, sentido…

 

Como costumam dizer, mais vale feliz que certo não achas? Não que com isto ache que estou enganada quanto ao cristianismo. Mas penso que entendeste o que quis dizer.

 

Não concordo Catarina. Antes de tudo acho que ser feliz e estar certo não são antónimos e por isso não é impossível nem sequer difícil ter ambos. No entanto se fosse absolutamente forçado a escolher, preferia ter razão a ser feliz. Estar feliz com uma ilusão é tornarmo-nos ocos e envergar pelo caminho da ignorância auto-deliberada pela confortabilidade que nos dá.

Então a pergunta que te deixo é: Porque és tu um ateu e porque decides falar disso? Porque não guardas a tua opinião para ti só? Com isto despeço-me e desejo do fundo do coração que deixes de percorrer o caminho que Lucifer te marcou. Espero uma resposta tua ansiosamente quer por post no blog ou por email.

Vou ser curto aqui. Eu sou ateu porque procuro a verdade. Sou ateu essencialmente porque cresci e também já não acredito no pai natal. Sou ateu porque lógicamente um ou mais deuses ou divindades não fazem sentido. O ateismo não é estranho, é a posição padrão para qualquer pessoa que não seja indocrinada. Decido falar e debater isto porque desejo que me provem errado, que eu esteja certo ou que nenhum esteja e isso seja provado em termos lógicos e/ou demonstrativos. Nenhuma das opções tem mais valor que a outra. Se eu for provado errado, aprendo. Se provar estar certo, ensino. Se estivermos os dois errados, aprendemos. Seja como for saiu sempre a ganhar com as minhas maiores ambições…. aprender e procurar a verdade. Não estou calado porque não tenho de estar. Não tenho de guardar estas ideias para mim apenas com medo do que os outros pensam. Se a vossa fé é assim tão forte não serão certamente os argumentos de um miúdo com o 9º ano apenas que farão mossa nessa mesma fé. No entanto o pensamento vai bem para além da lingua e por vezes consigo por as pessoas a pensar. Talvez um dia também ambicionem a verdade e se livrem dos confortos fáceis que a religião falsamente prega.

Espero que com isto tenhas ficado esclarecida. Qualquer duvida estás há vontade para a expor.

Por: Perfect Harmony (Carlos)

24 Responses to “Os ateus não sabem estar calados. Viva a vida eterna!”


  1. 1 aziok Fevereiro 7, 2011 às 10:18 am

    Caros religiosos, fanáticos ou não, aprendam que vocês são religiosos porque não tiveram a força nem a coragem de pensar por vocês próprios. Deixaram-se levar pelo que vos foi incutido à pressão…
    Ter a coragem para ver a verdade (verdade de verdade, não aquela verdade manhosa que vocês tanto gostam) pode ser uma coisa assustadora para muitos, o que compreendo, mas um dia que ganhem essa coragem e consigam espantar os fantasmas que vos assombram vão nascer de novo.

    • 2 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 1:20 pm

      Ámen🙂

    • 3 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 7:30 pm

      Se os religiosos não tiveram coragem de pensar por eles próprios, e decoraram e aprenderam tudo à pressão, diz-me quais são as tuas ideias, pensadas e criadas por ti mesmo.

      A maior parte daquilo que sabemos hoje foi ensinado por alguém, e a maior parte das vezes à força. Será que devíamos voltar para o tempo das cavernas e fazer o que quisermos, sermos nós mesmos?

      • 4 Raquel Fevereiro 7, 2011 às 8:25 pm

        Usar o sentido critico e lógica ao invés de aceitação por fé como bonecos são coisas diferentes. Os religiosos aceitam a religião porque é uma resposta simples para a sua falta de conhecimento. Talvez o aziok tenha-se expressado mal neste ponto mas penso que era este o objectivo.

        “A maior parte daquilo que sabemos hoje foi ensinado por alguém, e a maior parte das vezes à força.”

        Discordo fortemente aqui. Se é preciso ser ensinado por força é porque a pessoa escolhe o caminho da ignorância…

        “Será que devíamos voltar para o tempo das cavernas e fazer o que quisermos, sermos nós mesmos?”

        Isto é um puro argumento de ignorância, logo nem me vou dar ao trabalho de responder a este…

  2. 5 404 Fevereiro 7, 2011 às 10:45 am

    Já tenho alguns anos de experiência na internet e garanto que nunca vi tal coordenação de palavras, organização e ideologia num post como neste. Independentemente do facto de ser ou não ateu, isto é uma pérola na internet e é certo que o autor pôs toda a sua essência neste artigo. Estou maravilhado com este poema.

    • 6 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 1:21 pm

      Só posso agradecer pelos elogios…

  3. 7 SofiadePortugal Fevereiro 7, 2011 às 10:48 am

    Deixaste-me sem palavras Carlitos. Sabes que sou cristã mas derrubaste por completo a lógica da tal senhora e criaste uma nova visão do ateísmo. Este post bate a genialidade de outros que tens por cá aos pontos. Pouco tenho a dizer que não seja para elogiar a eloquência no texto. É incrível como a tua ideologia cresce a passos largos. Já não te prendes ao estrito do não significado da vida e criaste uma interpretação linda sobre a cultura humana. Muito, muito bom. O melhor post que fizeste até hoje a meu entender.

    • 8 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 1:21 pm

      Ainda bem que gostaste🙂

  4. 9 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 12:48 pm

    Li no teu post que de certa forma ficamos aborrecidos por ter vida eterna. Tantos triliões de anos, não é?

    Bem… Acho que te devias informar melhor sobre as várias religiões cristãs. Por exemplo, os Testemunhas de Jeová. Acreditam que na vida eterna, todos serão perfeitos. Sabes o que é ser perfeito? Pois, eu também não. Então como podes dizer que a vida eterna leva a “Sem a morte não há razão para fazermos seja o que for.”? Não sabes o que te espera, não sabes a quantidade de coisas novas que poderás fazer. Já viste o que era conseguires experimentar tudo o que possa existir?

    Jesus disse “Na casa do meu Pai há muitas moradas”… Acho que percebeste o que quis dizer com esta citação.

    Não sou ateu nem religioso nem nada… Ando para aqui! ^^

    • 10 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 1:36 pm

      Carlos, lá pela Cristã ser a minha preferida para criticar não significa que não conheça um pouco sobre as outras. Especialmente desses indivíduos (tenho muitos conhecidos e alguns até na família) que frequentemente me vem bater há porta a impingir revistinhas e a insultar toda a gente que não os mesmos de forma rude, infantil e ignorante quando nem um argumento lógico por vezes sabem manter. Vamos imaginar por um segundo que exista a vida eterna e a perfeição… Eu não sei o que é a perfeição tal como tu Carlos (que nome bonito, tenho um igual). Como podem pregar eles algo que nem sequer entendem? Sendo perfeitos deixa a morte de tomar o tipo de importância que tem actualmente nas nossas vidas? Anula a maldição que seria a vida eterna? Vamos imaginar que realmente podíamos experimentar tudo o que pudesse existir… Tudo o que pode existir é finito. E depois de experimentar-mos tudo o que haveria para experimentar, conhecer e ver? Ainda tínhamos a eternidade para viver… Não ficamos apenas aborrecidos mas eventualmente dávamos em loucos. Pois mas aí éramos perfeitos não é? Quando soubermos entender esse conceito então o resto é discutível🙂
      Até lá posso os “russelistas” (como o meu amigo Pedro lhes chama) na estante dos muito, muito gananciosos.

      • 11 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 7:20 pm

        Muito sinceramente nunca vi nenhum Testemunha de Jeová a insultar alguém só porque este pertence a uma religião e aquele a outra.

        Se leres a Bíblia, vês que tens breves descrições de como irá ser a vida eterna. Todos os seres vivos viverão em harmonia, não haverá guerra, teremos conhecimento do essencial e capacidade suficiente para entender o que nos rodeia e todas as coisas novas que nos aparecerem à frente. Claro que isto está longe de saber o que é a verdadeira perfeição, até porque nem a própria Bíblia é perfeita.

        Esse “indivíduos” realmente não sabem o que é a perfeição, então porquê pregar a mesma? Simples, para a vir a ter. Qual seria o objectivo da religião se já soubéssemos tudo? A religião é constituída pela fé, temos de ter fé em algo, acreditar para que possa acontecer. Tal como tudo no mundo, temos de nos esforçar para conseguir os nossos objectivos.

        Agora se todas estas crenças e ideias são completamente verdade… Penso que seja impossível de dizer. Não gostavas de saber como “tudo começou”? Eu sim :b

        Dizes que tudo o que existe é finito. Bem… não posso dizer se isso é verdade ou não, até porque uns dizem que o universo é infinito e outros não. São coisas fora da nossa capacidade. Talvez daqui a uns (muitos) anos (se chegarmos lá) conseguiremos saber se o universo é infinito ou não.

        Realmente Carlos é um nome bonito… ^^

      • 12 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 8:59 pm

        Conheço vários e todos eles o fazem. Terei tido “azar”? Não sei🙂

        Quanto a ler a bíblia já li, várias vezes de facto. As breves descrições que falas são meramente ideologias terrestres, não encontras nada que não fosse pensado por meros mortais. E digo-te, estar uma vida eterna ao lado de deus na mais calma harmonia e felicidade é ridículo. Como poderia eu estar feliz sabendo que os critérios que me escolheram baseiam-se em acreditar ou não em jesus? Enquanto estaria eu a viver uma eternidade “perfeita” (volto a insistir que a eternidade seria um tormento), estariam boas pessoas a ser eliminadas e/ou mandadas para o inferno. Que tipo de pessoa seria eu? Certamente alguém que em plena consciência teria nojo de ser, isto não é perfeição Carlos.

        O teu seguinte argumento é desapontante… Basicamente devemos aceitar uma ideologia que sem qualquer evidencia nos dá uma “explicação” (muito mas muito fraca) de como tudo existe apenas porque ainda não descobrimos algo? Esta é uma falácia conhecida como apelo há ignorância (não é insulto). Ou seja se eu não sei, logo a tua explicação deve estar certa. Infelizmente a posição religiosa é a posição arrogante sendo esta mesma a causa de muita gente não conseguir apenas dizer que não sabe. Estou convencido que te terás explicado mal e se for o caso peço que reformules o que queres dizer. Já para não dizer que podemos explicar o inicio do universo e o pré-big-bang com os conhecimentos limitados que possuímos actualmente de forma bem mais credível do que um papá-voador-mágico nos céus.

        Para resumir… “Vamos imaginar que realmente podíamos experimentar tudo o que pudesse existir… Tudo o que pode existir é finito.”
        Quando me referia ao finito, referia-me apenas a tudo o que pudesse existir para experimentar. Não de outro tipo de conceitos filosóficos. Poderíamos debater se o infinito real existe ou não mas isso não teria nada a haver com deus há mesma.

  5. 13 aziok Fevereiro 7, 2011 às 7:56 pm

    Boas tardes🙂

    A resposta acerca de como tudo começou já existe…
    E quanto ao Universo ser infinito ou não, pode-se dizer que é verdade e mentira ao mesmo tempo. O Universo não é infinito porque está em constante expansão e como não se conhece nada que possa limitar a sua expansão podemos dizer que ele é infinito.😛

    • 14 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 8:58 pm

      Aziok,

      Então, pelo que dizes, se o universo é infinito, significa que temos uma infinidade de coisas para descobrir. O que prova a minha teoria.🙂

      Raquel,

      Quantas vezes levaste umas palmadas, ás vezes bem fortes dos teus pais quando eras criança? Pois… E para quê? Para aprenderes… Agora se isso para ti é um acto de ignorância de parte da criança então não sei o que te dizer. Quantas vezes os animais batem nos seus filhos para os colocar na linha? É tudo uma forma para eles aprenderem.

      Chamar-me de ignorante não resolve nada nem te fortalece os teus argumentos, até porque normalmente não os Testemunhas de Jeovás que insultam os outros, não é verdade?😉

      • 15 SofiadePortugal Fevereiro 8, 2011 às 12:44 pm

        “Então, pelo que dizes, se o universo é infinito, significa que temos uma infinidade de coisas para descobrir. O que prova a minha teoria. ”

        Sei que não tenho a haver com a conversa directamente mas não posso deixar de perguntar… Mesmo que o universo seja infinito o que tem isso a haver com coisas infinitas para descobrir? Estamos a falar de espaço ou de conhecimento?😉

        “Quantas vezes levaste umas palmadas, ás vezes bem fortes dos teus pais quando eras criança? Pois… E para quê? Para aprenderes… ”
        Pessoalmente digo-te que nunca levei uma palmada :O

        “Chamar-me de ignorante não resolve nada nem te fortalece os teus argumentos, até porque normalmente não os Testemunhas de Jeovás que insultam os outros, não é verdade?”

        Ela disse-te que puxaste de um argumento de ignorância, não te chamou ignorante directamente. É uma falácia comum. E sim os testemunhas de Jeová são incrivelmente desrespeitosos:/

    • 16 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 9:03 pm

      Big freeze

      Tendo em conta a geometria e propriedades do nosso universo isto será o que provavelmente irá acontecer. Com o tempo a rocha simplesmente vai deixando pó, até não haver mais rocha, até não haver mais nada. É apenas uma teoria como tantas outras mas se isto se confirmar aqui está um bom exempo de algo com a capacidade de limitar a sua expansão visto não haver nada mais para expandir…

      • 17 Carlos Fevereiro 8, 2011 às 8:44 am

        Big Freeze…

        Não passa apenas de uma mera teoria, tal como muitas outras, sem se poder provar concretamente se vai ou não acontecer. O mesmo acontece com a existência de Deus.

      • 18 038FR Fevereiro 8, 2011 às 12:51 pm

        @Carlos

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Teoria

        Procura a teoria cientifica. Não queiras comparar o que significa teoria em ciencia com a designação para os teus conceitos🙂
        Até posso estar de acordo contigo mas tens de primeiro compreender sobre o que estás a falar😉

  6. 19 Sooth' Fevereiro 7, 2011 às 8:36 pm

    Excelente post.

    Aproveito para deixar aqui umas perguntas… Qual é o significado da vida sem morte? Não se torna monótono nós, sendo ou não perfeitos, viver eternamente? Depois de experimentar tudo o que mais há? Principalmente num “mundo” em que quase tudo o que é bom é pecado, desde a gula ao sexo…

    • 20 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 9:01 pm

      Sooth’,

      Desde quando o sexo é pecado? Desde que seja praticado segundo as regras cristãs, ou seja, depois do casamento deixa de ser pecado. Até porque se o sexo fosse pecado, e todo o mundo fosse cristão, a espécie humana já tinha ido à extinção.

      • 21 Perfect Harmony Fevereiro 8, 2011 às 1:19 pm

        E se for segundo as regras muçulmanas? Ou segundo as hindus? Temos tanto por onde escolher🙂
        Sinceramente pouco me estou preocupando para as regras cristãs. Um deus que não condena a escravidão, (Deuteronômio, 13), que instrui crentes a matar qualquer amigo ou membro da família que seguem outros deuses, (e Números 31), onde Moisés, nervoso com a piedade que suas forças vitoriosas mostram em levar as mulheres e crianças como cativas, instrui todos menos as meninas virgens, é para mim não um der imoral. Mas um ser sem qualquer tipo de credibilidade mesmo que existisse.

        “O deus do Velho Testamento só pode ser uma das mais desagradáveis personagens de ficção de todos os tempos: egoísta e orgulhoso disto, insignificante, vingativo, injusto, rancoroso, racista, um deus que encoraja seus seguidores à prática do genocídio.”

    • 22 Perfect Harmony Fevereiro 7, 2011 às 9:08 pm

      Olá Fifi🙂
      Basicamente não haveria um significado. Deixava-mos de ter a urgência e significado. Não que nos primeiros tempos não pudesse ser giro mas acabaríamos loucos. Seria a maior das torturas viver para sempre… Mas falo por mim claro… Gostava de ler mais opiniões.

  7. 23 Carlos Fevereiro 7, 2011 às 9:17 pm

    Perfect Harmony,

    “não encontras nada que não fosse pensado por meros mortais”. Sim, isso realmente é verdade. Se a bíblia fosse escrita por algum ser não humano será que nós, meramente humanos conseguiríamos compreender? A Bíblia foi escrita por humanos, que segundo o que dizem, foram inspirados por Deus.

    Como já disse antes, não acredito nem desacredito, ando para aqui😉. E como tal existem muitas coisas em que em não concordo e outras que apoio totalmente na crença religiosa. Esse ponto que estás a tocar, que só tem a vida eterna todos aqueles que apenas acreditam em Jesus, é uma completa injustiça. Todas as pessoas são diferentes, acreditam em coisas diferentes, e pensam de forma diferente. Mas se pensarmos assim, acabamos por dizer que aquelas pessoas que matam outros humanos merecem andar no mundo tal como todos os outros.

    Acreditar ou não em Deus depende de cada um. Não existe ninguém, que eu conheça que consiga provar algum dos lados. Podemos apenas trocar ideias e debater sobre o assunto. Que vai levar ao mesmo… A nada. Mas sempre se aprende algumas coisas novas.

    Se já soubesses tudo tinhas alguma razão para viver? É daí que eu digo que vivemos para aprender mais e sucessivamente mais a seguir a isso. Todos fazemos algo para chegar a algum lado. E os religiosos são religiosos para chegar a algum lado, seja ele qual for que esteja na cabeça deles. Não acho que tenha nada haver com ser ignorante ou não, é apenas a verdade humana.

    PS: Devia de estar a estudar, mas estou eu aqui. Agora que descobri este blog vou passar muito mais tempo a escrever online. lol

  8. 24 Carlos Fevereiro 8, 2011 às 7:24 pm

    038FR,

    Diz-me onde errei para que eu possa corrigir.

    SofiadePortugal,

    “Isto é um puro argumento de ignorância, logo nem me vou dar ao trabalho de responder a este…”
    Isto é o quê ao certo? Lê com atenção por favor. Se não quisesse responder, então que não dissesse nada.

    Para ti o que é o conhecimento? É só questões filosóficas e andar no paleio com os outros? Se o universo é infinito, temos uma infinidade de planetas para descobrir, estudar e tudo mais.

    Um testemunha de Jeová nunca me faltou ao respeito. Já foste desrespeitado mais vezes ou Católicos, ateus ou por Testemunhas de Jeová. Normalmente as pessoas só se recordam dos testemunhas de Jeová, já por ser aquela coisa… :S


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Posts mais populares

Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 168 outros seguidores

Calendário de posts

Fevereiro 2011
M T W T F S S
« Jan   Mar »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28  

RSS Aquela cena Chata

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Visualizações ao blog

  • 54,269 visitas

%d bloggers like this: