A poligamia e as 7 virgens pervertidas


Estava eu ontem no seio do meu querido do skype quando por algum motivo pensei em poligamia. Coisa que me levou a perguntar aos meus amigos que estavam em chamada, as suas opiniões sobre o assunto. Como de esperar algumas opiniões simples de sim ou não. Quem expôs opinião ou não se justificou ou fê-lo de forma muito básica. Pessoalmente sou contra a poligamia por achar que a devoção ao amor deve ser feita entre duas pessoas apenas e não entre 3, 4 ou mais. No entanto acredito que tal assunto é da vida privada do envolvidos apenas. Não estão a prejudicar quem está de fora, na verdade acaba por ser a nossa sociedade que pensa que tem de gostar de tudo o que fazemos na nossa vida privada e que depois obriga há limitação de vários direitos que temos. De certa forma tipos de leis como a limitação sobre as nossas preferências amorosas e limitações sobre drogas e afins, são da verdade limitações a nós próprios, há forma de como podemos ou não usar o nosso corpo. Que tipo de autoridade tem o governo para determinar o que devemos ou não fazer com o nosso corpo? Nenhuma, ou pelo não deveria ter. Aos poucos a nossa liberdade vai sendo reduzida, na verdade, nós nem temos liberdade nos assuntos importantes. Certo é que se quisermos comprar massa instantânea, temos uns 20 sabores, cores e feitios diferentes na mesma loja, mas talvez quando nos despirem de tudo o que poderíamos fazer para melhorar a nossa satisfação com a nossa vida, nos privem dos direitos de escolher até o sabor dos noodles. Vivemos numa sociedade que pensa querer constrangir os direitos da minoria mas que se opõe quando os seus próprios direitos são retirados. Imaginemos o que seria se ainda hoje proibissem o casamento apenas entre duas pessoas… Seria depois uma forma de diminuir os direitos deles? E o dos outros? Não merecem?

Resumindo, pessoalmente sou contra e não vejo sentido absolutamente nenhum, se quem quiser praticar este estilo de vida se vir privado, acho errado. Não se trata do que gosto ou acho, trata-se de não prejudicar ninguém a não ser os envolvidos que tomaram as suas escolhas de livre vontade e consciência.

Vale dizer também que é normalmente a religião que se opõe a este tipo de prática, no entanto não vejo a católica com grandes problemas com a pedofilia nem a muçulmana com grandes problemas com os homicidios. Quem tem telhados de vidro…

 

2 Responses to “A poligamia e as 7 virgens pervertidas”


  1. 1 current postage rate Novembro 27, 2011 às 5:46 pm

    i love your blog, i have it in my rss reader and always like new things coming up from it.

  2. 2 Multiplication Chart Dezembro 18, 2011 às 9:52 am

    i like it


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 168 outros seguidores

Calendário de posts

Novembro 2011
M T W T F S S
« Abr   Jun »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

RSS Aquela cena Chata

  • Ocorreu um erro; é provável que o feed esteja indisponível. Tente novamente mais tarde.

Visualizações ao blog

  • 54,257 visitas

%d bloggers like this: